Projetos
SERGIPE QUILOMBOS NAÇÃO

A INSTITUIÇÃO

O Instituto Braços é um centro de defesa de direitos humanos, nascido e com vivencia em Sergipe, desde 2008 tem atuado em um campo até então não ocupado por nenhuma outra organização da sociedade civil. A entidade pauta a sua ação nos eixos defesa de direitos, controle social e educação em direitos humanos.

Em sua trajetória o Instituto Braços apresenta uma atuação com as comunidades quilombolas de Sergipe, principalmente as que figuram como público objetivo deste projeto, tendo desenvolvido processos de formação em direitos humanos , prestando assessoria jurídica, acompanhando em audiências judiciais ou administrativas, realizando debates e audiências públicas, a exemplo da ocorrida em 2010 quando esta organização articulou uma grande ouvida das comunidades quilombolas de Sergipe pelos órgãos diretamente responsáveis tanto no âmbito estadual quanto nacional.

A relação dos membros do Instituto Braços com as comunidades quilombolas de Sergipe se deu desde a luta pela organização e reconhecimento da primeira comunidade remanescente de quilombo, no início dos anos de 1990, a comunidade de Mocambo no município de Porto da Folha. Desde então, alguns membros que atuavam em outras entidades, trazem consigo o compromisso com essas comunidades, e a partir da criação do Instituto Braços, tal compromisso tornou- se também, um compromisso institucional.

O PROJETO

O Projeto Sergipe Quilombos Nação, foi gestado ao longo dos anos, construído a partir das demandas que são oriundas das comunidades e que a instituição tem buscado atender, malgrado as limitações.  O projeto tem como objetivo fortalecer a organização de comunidades remanescentes de quilombos em Sergipe, prestando-lhes assessoria jurídica, organizacional e tecnológica, e desenvolvendo um programa de formação e capacitação de pessoas nas temáticas de direitos humanos, cidadania, identidade e territorialidade, gestão e desenvolvimento de organização comunitária.

A proposta é enfrentar as diversidades persistentes se impõe às comunidades quilombolas a urgência de superação das práticas artesanais de organização, ampliarem seu capital cultural, incorporando conhecimentos e se apropriarem de instrumentos de gestão coletiva que fortaleçam a unidade da comunidade, alargando a legitimidade de suas lutas tanto para dentro do próprio grupo que constitui a base da organização comunitária como na relação como os atores externos, com os órgãos públicos, com os gestores de políticas públicas e demais segmentos é que o Projeto Sergipe Quilombos Nação se propõe a ser um instrumento a mais na organização das comunidades quilombolas situado no Território de Brejão no Município de Brejo Grande e de Caraíbas, no município de Canhoba.

OBJETIVOS DO PROJETO

OBJETIVO GERAL

  • Desenvolver um programa de formação voltados às comunidades quilombolas do Território de Brejo Grande e de Caraíbas em Sergipe, prestando-lhes também assessoramento técnico jurídico, potencializando a capacidade de organização e apropriação de novas e mais eficazes ferramentas de gestão e desenvolvimento comunitário.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Realizar cursos de formação em Direitos Humanos, Identidade e Territorialidade envolvendo as comunidades do Território de Brejo Grande e de Caraíbas;
  • Realizar cursos de organização e desenvolvimento de entidades de representação comunitária, aplicados às comunidades do Território de Brejo Grande e de Caraíbas;
  • Realizar curso modular em elaboração e gestão de projetos sociais e captação de recursos envolvendo os representantes das comunidades do Território de Brejo Grande e Caraíbas;
  • Realizar seminário de troca de experiências das vivências e aprendizagens que o projeto tem propiciado às comunidades beneficiárias parceiras;
  • Prestar assessoria jurídicossocial às comunidades, assegurando-lhes segurança jurídica nos atos de garantia dos direitos ao território.